Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Faça como Marlene Dietrich renda-se ao The Ivy Chelsea Garden

The Ivy Chelsea Garden é apenas um dos seletos restaurantes do grupo Troia Restaurants do Reino Unido distribuídos pela Inglaterra, Londres, Escócia e Irlanda.

The Ivy Chelsea Garden by Adriana Drapala – Blog Writer

O primeiro Ivy foi fundado em 1917 como uma cafeteria

The Ivy Chelsea Garden é apenas um dos seletos restaurantes do grupo Troia Restaurants do Reino Unido distribuídos pela Inglaterra, Londres, Escócia e Irlanda.

O primeiro Ivy foi fundado em 1917 como uma cafeteria italiana, e por ser próximo dos teatros da West End Street rapidamente tornou-se um celeiro de atores teatrais, frequentado por Laurence Olivier, Vivien Leigh, Marlene Dietrich e muitos outros, que tinham seus lugares cativos na casa.

The Ivy Chelsea Garden

O nome Ivy originou-se de um comentário da atriz Alice Delysia observando o proprietário pedir desculpas a um cliente pelas obras no local, uniu-se a conversa cantarolando uma estrofe da música “Just Like the Ivy I’ll Cling to You” de AJ Mills e Harry Castling — não se preocupe “we will cling together like Ivy”.

The Ivy Chelsea Garden e o valor a cada espaço pessoal

Cada Ivy foi projetado para oferecer uma experiência inesquecível aos seus clientes preservando a mesma magia da sede original de 1917 da West End Street que continua atuando até os dias de hoje.

O Ivy Chelsea Garden em especial segue a velha tradição britânica de estilo “smart casual” faz todas as honras da casa até para seu cãozinho-guia, uma vez que ele esteja legalmente registrado.

Se você é de ficar indeciso no que pedir de entrada, ou na carta de vinhos perde minutos escolhendo a melhor harmonização, prepare-se para enlouquecer entre os vários menus assinados pelo Chef Sean Burbidge.

Os menus propositalmente são uma mistura eclética de comida caseira britânica contemporânea e pratos internacionais servidos durante o dia todo e a noite, todos os dias da semana.

Começando por uma extensa carta de vinhos, 11 criações exclusivas de coquetéis com creme, pequeno-almoço, almoço, chá da tarde, lanches rápidos, jantar, brunch de fim de semana, e terminando com cartão presente para 2 pessoas válido por um ano em qualquer um dos restaurantes da rede.

A tradição há mais de 100 anos

Considerado um ambiente de luxo familiar casual, sofisticado e cheio de nuances atemporais que já data mais de 100 anos, a atmosfera ainda instiga paladares e continua fazendo a menina dos olhos brilharem do interior à fachada, decorada de acordo com cada ocasião.

A cada adequação sazonal a fachada é decorada com diferentes tipos de flores e plantas, e não é por acaso, Ivy é uma espécie de trepadeira lenhosa nativa da Europa e do Mediterrâneo ao leste da Ásia, muito cultivada como ornamental, mas na mitologia romana também é a esposa de Zeus, deusa do casamento das chuvas benéficas e devastadoras tempestades.

Com todos esses elementos históricos e míticos, o Ivy Chelsea Garden é um lugar ideal para você ir a dois, com a família, ou solo mesmo, e render-se à toda magia de Hera.

para você

Seleção feita pelo nosso concierge especialmente para você

Deixe um comentário

Posts relacionados

Cottagecore com caderno de receitas personalizado e cogumelos e flores
Arte
Adriana Drapala

Cottagecore: estilo, paixão e tendência décor

O desejo de fugirmos para uma paisagem rural onírica existe há muito tempo, os primeiros escritos atribuídos a esse estilo de escapismo são de Teócrito no século III a.C, em cada época demos a esse desejo de fuga diferentes nomes ‘Grandmacore’, ‘Goblincore’, ‘Fairycore’, ‘Farmcore’, ‘Bloomcore’ etc.

Leia mais »
Cabinet de Curiosites
Decor
Adriana Drapala

O legado dos Cabinets de Curiosités

Os cabinets de curiosités refletiam em toda a Europa a percepção do homem em relação ao mundo à sua volta nos séculos XVI e XVII, e o seu desejo em englobar todo o universo em um microcosmo particular.

Leia mais »
Arte
Adriana Drapala

O que escrever em um cartão comemorativo

Quem nunca deu aquele sorriso largo, se sentido especial, ao ser surpreendido com o carinho de um cartão? O cartão comemorativo surgiu por acaso, em um momento de total falta de tempo do pintor ilustrador e designer inglês John Calcott Horsley do século XIX, que era muito conhecido e requisitado pelas celebridades britânicas na época

Leia mais »